Papa encoraja os jovens que evangelizam em praias e estradas

Papa encoraja os jovens que evangelizam em praias e estradas

0

Riccione (RV) – O Papa Francisco enviou uma mensagem aos jovens da missão “Quem tem sede, venha a mim”, que desde o último dia 16 até amanhã, domingo (23/8), estão evangelizando a praia de Riccione, que, com Rimini, representam as mais famosas e frequentadas pela juventude italiana e estrangeira.

Através de uma carta, escrita pelo Mons. Guilherme Karcher, cerimoniário do Papa, o Santo Padre envia sua “bênção paterna” aos missionários dizendo-lhes que “os acompanha com a sua oração e o seu afeto”.

O Papa agradece a bela carta que os jovens da missão “Quem tem sede, venha a mim” lhe enviaram, na qual lhe informam sobre a sua atividade, nestes dias de agosto, ponto alto de férias na Europa. Francisco expressa seu apreço pela obra desses jovens que, com generosidade, dedicam seu tempo de verão à missão de evangelizar outros jovens nas praias, ruas e lugares de encontro em Riccione.

Papa Bergoglio conclui sua mensagem pedindo aos jovens que rezem por ele, confiando-lhes à proteção materna da Mãe de Deus e Mãe dos jovens”.

Tais jovens da missão “Quem tem sede, venha a mim” realizam, neste ano, sua 6ª edição de atividades evangélicas, envolvendo jovens, alguns chamados “gente da noite”. Durante o dia, passam entre os guarda-sóis e à noite nas discotecas, para dar testemunho cristão e evangelizar. Desta maneira, a Igreja sai do âmbito das suas paróquias e volta para as ruas e estradas, seguindo o exemplo de Jesus, levando a sua Boa Nova.

Os jovens missionários fazem shows na praia, montam tendas com confessionários e convidam seus coetâneos a fazer uma visita a Jesus Eucarístico, na vizinha igreja, que tem suas portas abertas, para momentos de oração e meditação. Assim, colocam à disposição seus centros de escuta, diversão, espiritualidade e fé. Todas as noites, na mesma igreja, para eles são celebradas Missas “Rock”.

Esta iniciativa da missão juvenil “Quem tem sede, venha a mim” nasceu em 2002, e hoje envolve numerosas associações, grupos, movimentos eclesiais e comunidades paroquiais. (MT)

Envie sua Mensagem