O que celebramos II

O que celebramos II

0

Estimad@ Leit@r,

No intuito de aprofundar o verdadeiro sentido da Celebração Eucarística, nessa edição de “O que celebramos”, estudaremos sobre a Liturgia Eucarística (Mesa da Eucaristia) que constitui a segunda parte da Santa Missa.

Na Liturgia Eucarística atingimos o ponto alto da celebração e por ela Igreja torna presente o sacrifício que Cristo fez para nossa salvação. Não se trata de outro sacrifício, mas sim de trazer à nossa realidade a salvação que Deus nos deu. Durante essa parte da Santa Missa, a Igreja eleva ao Pai, por Cristo, sua oferta e Cristo dá-se como oferta por nós ao Pai, trazendo-nos graças e bênçãos para nossas vidas.

 1. Apresentação das Oferendas

Apesar de conhecida como ofertório, esta parte da Missa é apenas uma apresentação dos dons que serão ofertados junto com o Cristo durante a consagração. Esse rito é constituído dos seguintes momentos: preparação do altar, procissão das oferendas, apresentação do pão e do vinho, coleta do ofertório, lavar as mãos, convite a oração (orai irmãos…) e oração sobre as oferendas.

2. A Oração Eucarística

É na oração eucarística que atingimos o ponto alto da celebração. Nela, através de Cristo que se doa por nós, mergulhamos no mistério da Santíssima Trindade, mistério da nossa salvação. A Oração Eucarística assim é constituída:

a) Prefácio: Após o diálogo introdutório, o prefácio possui a função de introduzir a assembleia na grande ação de graças que se dá a partir desse momento. Existem inúmeros prefácios e esses abordam sobre os mais diversos temas: a vida dos santos, Nossa Senhora, Páscoa etc.

b) O Santo: É a primeira grande aclamação da assembleia a Deus Pai em Jesus Cristo. O correto é que seja sempre cantado, levando-se em conta a maior fidelidade possível à letra da oração original.

c) A invocação do Espírito Santo: Através dele Cristo realizou sua ação quando presente na história e há realiza nos tempos atuais. A Igreja nasce do Espírito Santo, que transforma o pão e o vinho.

d) A consagração: Deve ser toda ela acompanhada pela assembleia. Não é correto o hábito de permanecer de cabeça baixa durante esse momento e também não é correto qualquer tipo de manifestação quando o sacerdote ergue a hóstia, pois este é um momento sublime e de profunda adoração. Nesse momento o mistério do amor do Pai é renovado em nós. Cristo dá-se por nós ao Pai trazendo graças para nossos corações. Daí ser esse um momento de profundo silêncio.

e) Preces e intercessões: Reconhecendo a ação de Cristo pelo Espírito Santo em nós, a Igreja pede a graça de abrir-se a ela, tornando-se uma só unidade. Pede para que o papa e seus auxiliares sejam capazes de levar o Espírito Santo a todos. Pede pelos fiéis que já se foram e pede a graça de, a exemplo de Nossa Senhora e dos santos, os fiéis possam chegar ao Reino para todos preparados pelo Pai.

f) Doxologia Final: É uma espécie de resumo de toda a Oração Eucarística, em que o sacerdote tendo o Corpo e Sangue de Cristo em suas mãos louva ao Pai e toda assembleia responde com um grande “Amém”, que confirma tudo aquilo que ela viveu.

3. Rito da Comunhão

A Oração Eucarística representa a dimensão vertical da Missa, em que nos unimos plenamente a Deus em Cristo. Após alcançarmos a comunhão com Deus Pai, o desencadeamento natural dos fatos é o encontro com os irmãos, uma vez que Cristo é único e é tudo em todos, esse é o momento horizontal da Missa. Tem também esse momento o intuito de preparar-nos ao banquete eucarístico. Por isso, ele é constituído dos seguintes momentos: Oração do Senhor (Pai-Nosso), Oração pela paz, O cumprimento da Paz, O Cordeiro de Deus, A comunhão, Oração após a comunhão.

4.Ritos Finais

“O rito de encerramento da Missa consta fundamentalmente de três elementos: A saudação do sacerdote, a bênção, que em certos dias e ocasiões é enriquecida e expressa pela oração sobre o povo, ou por outra forma mais solene, e a própria despedida, em que se despede a assembleia, afim de que todos voltem às suas atividades louvando e bendizendo o Senhor com suas boas obras” (IGMR 57).

 

Envie sua Mensagem